BLOG DA RECHEIO


Da gaveta para os palcos, discos, DVDs etc

Wednesday/9, November 2011


Se tem algo que une pessoas, esse algo é a música. Não só pelas melodias e poesias lindas que a gente pode apreciar junto, mas pelas possibilidades de união através dos gostos semelhantes ou da aposta em projetos interessantes nesta forma de arte. Foi por isso que o MusicMob surgiu: para fazer sonhos musicais acontecerem.

Por o financiamento coletivo deixar de ser tendência para fazer parte do cotidiano de quem trabalha com arte e por entender que o público de música é mais do que capaz de criar demandas extremamente interessantes e transformadoras, a ideia saiu do papel e entrou na rede. E assim, todos agradecem:  fãs que conseguem trazer artistas para suas cidades, músicos que viabilizam discos, DVDs, turnês e mais outras ideias. Afinal, para um mobber, tudo é possível.

Criador e criatura
Para entender melhor, você pode conferir uma entrevista com a Fabiana Batistela, diretora artística do projeto. Ela fala sobre a origem do projeto e sobre uma espécie de assessoria que é oferecida ao artista para entender suas necessidades e adaptá-las à plataforma colaborativa.
 

 
Pelo lançamento já deu para ver que…
Desde o dia 2 de novembro, quando foi o lançamento do MusicMob, público, artistas e produtores podem virar mobber através do cadastro, escolher seu projeto favorito e espalhar a notícia por aí para ajudar a fazer seus desejos acontecerem.

Nós da Recheio já tivemos prova de que a ideia tem muito futuro, afinal, fomos conferir a inauguração lá no Beco e vimos muita gente ligada à música e à produção musical aplaudindo de pé a empreitada. Para ajudar na atmosfera de arte original, o músico Guizado trouxe o improviso do projeto “Selvagem” e a dupla francesa Holden, que desembarcou em Sampa graças ao crowdfunding do MusicMob, também subiu ao palco.

Por tudo isso, deu para entender que mais projetos musicais podem dar certo? E quem arrisca uma ideia?

 

 


Esse artigo foi escrito por Luisa Alves. Veja Quem Faz. .







voltar