BLOG DA RECHEIO


O que você ama em São Paulo?

Wednesday/16, May 2012


“Tenho certeza que a maioria das pessoas que vivem em São Paulo já imaginou o dia em que deixarão a cidade. Eu já. Várias vezes”. A frase que abre esse texto é de Tereza Bettinardi e faz parte de uma publicação do site Tudo Bem Tudo Bom SP, no qual a autora presta uma homenagem à cidade. Ela foi escolhida por este que vos escreve simplesmente por identificação e eu, como paulistano, reforço essa pseudo-estatística. Todo paulistano reclama do trânsito. Todo paulistano está cansado de ter que ir ao Ibirapuera respirar ar “puro”. Todo paulistano precisa enfrentar um congestionamento infernal nos feriados para ver o mar. Todo paulistano precisa lutar contra milhares de pessoas para garantir sua sobrevivência no metrô. São tantos os problemas e uma vida tão estressante que – quase – todo paulistano se esquece de alterar o olhar e a cidade acaba ficando assim, mais cinza ainda.


A exceção são duas designers, Rafaela Ranzani, 30, e Ana Luiza Pereira, 29, que saíram pelas ruas recolhendo depoimentos de pessoas com a seguinte pergunta: “O que você ama em São Paulo?”. As respostas obtidas são as mais variadas possíveis e foram reunidas em um workshop com o objetivo de despertar o interesse das pessoas por algum aspecto da cidade. Foram cinco dias e 15 pessoas envolvidas no projeto entre paulistanos, brasileiros de outros estados e estrangeiros. O resultado desse envolvimento com a cidade deu origem ao site Tudo Bem Tudo Bom SP  que reúne relatos, fotografias, vídeos, cartas manuscritas e roteiro de lugares para saborear um sanduíche. Ideia simples, mas muito legal, criativa e necessária, pois perceber o lugar onde vivemos com um olhar de beleza apesar das inconstâncias dessa megalópole é, no mínimo, desafiador.

Agora é a sua vez de responder: O que você ama em São Paulo?

Eu arrisco: Voltar do interior e ver toda a cidade acesa, comer os bolinhos paraenses da Pça. Benedito Calixto e sentar na grama do Ibirapuera nas tardes de sábado! 😉


Esse artigo foi escrito por Vinícius Tamamoto. Veja Quem Faz. .







voltar